domingo, 7 de setembro de 2008

Deus do Amor

Muitas mulheres podem viver a vida inteira sem ter nenhuma crença religiosa, mas será que existe alguma mulher que não tenha se ajoelhado aos pés e rezado uma prece ao Deus do Amor?
Quando estão apaixonadas, as mulheres ficam cegas a todo o resto, a única coisa que elas enxergam é o seu amor pelo homem amado. Elas exaltam e valorizam as qualidades desse homem e reduzem os seus defeitos. É como se elas estivessem usando lentes de aumento e tudo nele acaba sendo supervalorizado.
Idealizam esse homem, transformam-no num verdadeiro ídolo de adoração. E assim como as pessoas extremamente religiosas, vivem únicas e exclusivamente para o seu Deus.
A adoração torna-se um hábito, um verdadeiro ritual.

Muitas delas lutam consigo mesmas para manter a ilusão de felicidade, acabam anulando a si mesmas em nome do outro, concordam com tudo o que ele diz só para agradá-lo. Acreditam que dessa forma irão mantê-los sempre por perto e que eles nunca irão abandoná-las.
Por que as mulheres dão tanto poder e tanta importância ao Amor em suas vidas, que tudo o mais perde o sentido sem ele?
Porque a nossa sociedade supervaloriza esse sentimento?

Dolly


4 comentários:

pombinha disse...

Cara companheira, não são todas que agem dessa maneira, antigamente talvez sim, mas agora nós continuamos sim SUPER valorizando o amor, mas o AMOR PRÓPRIO, nos achamos lindas, inteligentes e gostosas (às vezes gordinhas) e talvez por isso seja tão difícil encontrar alguém com o qual possamos dividir esse sentimento verdadeiro, puro e sincero...

Anônimo disse...

Tratando de Amor,as mulheres são religiosas fanáticas!

Alex disse...

Cara Dolly,
Por mais bem-sucedida que uma mulher seja ela não se sentirá plenamente realizada se sua vida amorosa não estiver bem.

Noemi disse...

...boa pergunta!!