domingo, 5 de outubro de 2008

Complexo de Cinderela

Apesar de toda a emancipação feminina, nós ainda fantasiamos com um príncipe encantado, com o qual viveremos felizes para sempre.

Como Cinderela, esperamos que ele venha salvar nossas vidas. Dessa forma, nós nos sentiremos protegidas e seguras para enfrentar ou resolver os obstáculos na vida.

Mesmo sendo mulheres inteligentes e independentes financeiramente, será que não nos sentiremos realizadas se não encontrarmos o nosso príncipe encantado?

Será que nós, mulheres modernas, sofremos o Complexo de Cinderela?

Porque desejamos encontrar alguém igual ou melhor do que nós. Alguém bem-sucedido no trabalho, inteligente, divertido e cheio de programas bacanas para propor. Uma versão masculina do que nós vemos no espelho.

Partimos do princípio sonhador que uma vez encontrado esse homem, que vai nos completar, nada mais nos faltará.

Isso não existe a não ser na ficção.

E quando não encontramos o homem perfeito - afinal, ele não existe - vem a frustração e ficamos com a sensação de que nunca mais seremos felizes de novo.

Ao procurarmos o tipo ideal perdemos a oportunidade de encontrar um homem real, que talvez tenha defeitos e algumas características que não gostamos, mas que poderá nos surpreender em outros aspectos se dermos uma oportunidade para conhecê-lo melhor.

Quando vamos nos convencer de que a vida não é um conto de fadas?

Dolly

2 comentários:

Anônimo disse...

Será que não vai aparecer nenhuma fada madrinha para nos ajudar?

Camilla disse...

Cara Dolly
Talvez nunca.
Sem perder as esperanças, continuaremos a beijar os sapos que encontrarmos pelo caminho. Quem sabe um dia,ele irá virar um princípe encantado.